Pra quem acha que representatividade não faz diferença, esse é o desenho que minha filha mais gosta, já assistiu a temporada 2 umas 5-10 vezes inteiras: os Irmãos Kratts.

https://areyouscreening.com/wp-content/uploads/2011/02/WK_Team_Tortuga.jpg
Irmãos Kratts! É excelente, e se entenderem que meus comentários abaixo são uma crítica a esta produção, leiam com mais calma!

É um desenho sobre esses dois irmãos, os Kratts, que viaja mundo afora estudando animais selvagens usando um traje que transforma eles em animais. Aí tem uns vilões, os trajes não estão completos, então eles precisam estudar os animais pra replicá-los, bem bacana.

Mas quando ela vai brincar, ela gosta de fingir que é aquela moça de amarelo no canto dessa arte. A sorte é que nesse desenho essa moça é a cientista que criou os trajes, então dá pra explorar bem a brincadeira com ela. Se não ela ia ser igual aquela secretária do Arrow… Leia o resto deste artigo »

A Professora Monica de Bolle iniciou em março/2020 uma sequência de vídeos ao vivo sobre análises macroeconômicas durante a pandemia de covid19. Estes vídeos estão organizados na lista MonicaFlix: Economia em tempos de pandemia.

Para não perder o fio, seguem abaixo as principais referências usadas durante os vídeos. Esta lsta será atualizada na medida em que novos trabalhos sejam citados.

Leia o resto deste artigo »

O estudo da migração, como os outros temas em demografia, é essencialmente interdisciplinar. Embora isso possa ser visto como uma vantagem, porque introduz cientistas de formações distintas contribuindo com estudos e bibliografias de suas respectivas áreas, interdisciplinaridade é complexa e pode trazer divergências que travem o debate. No caso da migração, pode-se separar as teorias mais relevantes em duas grandes perspectivas: a microeconômica e a estrutural (MASEY et al, 1993).

Edição da imagem original, esta disponível em http://bit.ly/2NDIbHd
Leia o resto deste artigo »

Um problema recorrente na ciência da demografia é a falta de teorias gerais. Em parte, isso tem explicações na própria formatação da ciência: a demografia é uma ciência social e, como tal, possui fortes limitações para análises experimentais e empíricas. Além disso, os demográficos são cientistas excepcionalmente atentos à qualidade dos dados e dos métodos utilizados: são bastante conscientes da dificuldade de se obter dados acurados, e se preocupam muito com os limites de generalizações, de projeções e de cálculos indiretos. Por fim, a demografia é em essência interdisciplinar. Possui raízes na economia, na sociologia, na geografia, na medicina, na estatística e, portanto, possui uma gama de cientistas com epistemologias diversas, com diferentes preferências e desconfianças das várias metodologias empregadas… tudo isso joga contra a formação de consenso e, portanto, dificultando muito a formação de teorias gerais.

Leia o resto deste artigo »

<< Cientistas das ciências naturais há muito tempo sabem que a maioria rejeita seus resultados porque eles contradizem sua religião. Cientistas sociais precisam entender que a maioria rejeita alguns de seus resultados por eles contradizem quais-religiões. >>

Brian Caplan. The Myth of the Rational Voter (sem tradução para o português)

Quasi-religiões são ideologias, entusiasmos ou superstições. Claro que, entre se questionar diante desse alerta e rejeitar totalmente esse alerta, você vai preferir…

Você pode até achar Randall Munroe o chargista mais genial da Internet. Mas o mais inteligente vai ser difícil competir!

Veja suas tirinhas no xkcd.

The Fortunes of Africa: A 5,000-Year History of Wealth, Greed, and EndeavorThe Fortunes of Africa: A 5,000-Year History of Wealth, Greed, and Endeavor by Martin Meredith
My rating: 4 of 5 stars

This audio book was very difficult to understand. Not because it is confusing, but because I lacked even the basic knowledge of Africa’s geography and history. The author cites locations, such as cities, regions and even countries that I simply never heard before, so I had to pause and check it out several times. Get at least one map before starting it.

The content is pretty fascinating. It seems like hearing a story about a fictional world, because of the many many completely new history info I never had before. I can’t say I will remember names, dates, faces and places, but at least now I have a sense to what I see in the news. At least… Africa isn’t just pictures of hungry children and dictators for me anymore.

#historyspoiler
But it is rough to listen. When the author says that Egypt would not be ruled by an Egyptian until the 20th century, things get soured. And it keeps get worse literally until the last paragraph. Be prepared to feel frustrated, angry, humiliated and useless

View all my reviews

<< Há mais um fator a levar em consideração. No momento em que escrevo esse texto, a votação do STF se encaminha para o fim da prisão após a condenação em segunda instância, o que poderia restituir a liberdade ao ex-presidente Lula. Como ensinou a ministra Rosa Weber ao votar pelo restabelecimento da prisão após o trânsito em julgado da sentença penal, como prevê o artigo 5o da Constituição, “o Supremo Tribunal Federal é guardião do texto constitucional e não o seu autor”. >>

Marina Amaral, codiretora da Agência Pública

Um dos maiores desafios de todo ser humano é como resolver o conflito que existe no seu cérebro entre o presente e o futuro. É difícil, porque exige conscientização, aprendizado, treino… além de enfrentar o fato de que o futuro nunca será permanentemente o vencedor: a cada nova situação do seu dia a dia, o conflito ressurge.

Se a pessoa coloca no mesmo patamar de importância a votação do STF e a prisão por meios sujos que o Lula está submetido (junto com milhares de brasileiros que não possuem acampamentos para apoiá-los), esse conflito foi vencido, ao menos por hora, pelo presente.

https://theihs.org/wp-content/uploads/2016/02/MythRationalVoter_Image.png
Leia o resto deste artigo »

The constitution’s a mess / So it needs amendments / It’s full of contradictions / So is independence / We have to start somewhere

Música: Non-Stop
Artistas: Leslie Odom, Jr., Lin-Manuel Miranda, Renée Elise Goldsberry, P
Álbum: Hamilton (Original Broadway Cast Recording)

letras.mus.br
Non-Stop – Hamilton: An American Musical

Leia o resto deste artigo »

Diablo-Ho Time Fully Occupied Shakespeare Year ca 1905 Artist G E Shepheard. CC0 1.0 Universal (CC0 1.0)

Esta resenha faz uma rápida análise de uma famosa questão surgida na demografia a partir da segunda metade do século XX: a compressão da morbidade. A partir do momento que países desenvolvidos superaram seus grandes problemas com doenças infecciosas, a próxima prioridade passaram a ser as doenças não comunicáveis (DNC), especialmente cardiovasculares e neoplasias. Mas a natureza e o tratamento deste tipo de doença são diferentes das doenças epidemiológicas, e nesse sentido, a comunidade acadêmica passou a discutir os limites da própria capacidade humana e até mesmo da capacidade dos tratamentos que combatem tais males. A partir da seleção de três artigos produzidos ao longo das últimas décadas, propõem-se uma revisão do que a demografia debate acerca do aumento da esperança de vida graças ao combate às doenças não-comunicáveis e como isto influencia a qualidade de vida das pessoas na medida em que vivem mais. Leia o resto deste artigo »

Challengers

  • 95.019 hit combos

Ao quatro tempos

Outubro 2020
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

@4ventos

Categorias