You are currently browsing the category archive for the ‘Opinião’ category.

Pra quem acha que representatividade não faz diferença, esse é o desenho que minha filha mais gosta, já assistiu a temporada 2 umas 5-10 vezes inteiras: os Irmãos Kratts.

https://areyouscreening.com/wp-content/uploads/2011/02/WK_Team_Tortuga.jpg
Irmãos Kratts! É excelente, e se entenderem que meus comentários abaixo são uma crítica a esta produção, leiam com mais calma!

É um desenho sobre esses dois irmãos, os Kratts, que viaja mundo afora estudando animais selvagens usando um traje que transforma eles em animais. Aí tem uns vilões, os trajes não estão completos, então eles precisam estudar os animais pra replicá-los, bem bacana.

Mas quando ela vai brincar, ela gosta de fingir que é aquela moça de amarelo no canto dessa arte. A sorte é que nesse desenho essa moça é a cientista que criou os trajes, então dá pra explorar bem a brincadeira com ela. Se não ela ia ser igual aquela secretária do Arrow… Leia o resto deste artigo »

<< Há mais um fator a levar em consideração. No momento em que escrevo esse texto, a votação do STF se encaminha para o fim da prisão após a condenação em segunda instância, o que poderia restituir a liberdade ao ex-presidente Lula. Como ensinou a ministra Rosa Weber ao votar pelo restabelecimento da prisão após o trânsito em julgado da sentença penal, como prevê o artigo 5o da Constituição, “o Supremo Tribunal Federal é guardião do texto constitucional e não o seu autor”. >>

Marina Amaral, codiretora da Agência Pública

Um dos maiores desafios de todo ser humano é como resolver o conflito que existe no seu cérebro entre o presente e o futuro. É difícil, porque exige conscientização, aprendizado, treino… além de enfrentar o fato de que o futuro nunca será permanentemente o vencedor: a cada nova situação do seu dia a dia, o conflito ressurge.

Se a pessoa coloca no mesmo patamar de importância a votação do STF e a prisão por meios sujos que o Lula está submetido (junto com milhares de brasileiros que não possuem acampamentos para apoiá-los), esse conflito foi vencido, ao menos por hora, pelo presente.

https://theihs.org/wp-content/uploads/2016/02/MythRationalVoter_Image.png
Leia o resto deste artigo »

Diablo-Ho Time Fully Occupied Shakespeare Year ca 1905 Artist G E Shepheard. CC0 1.0 Universal (CC0 1.0)

Esta resenha faz uma rápida análise de uma famosa questão surgida na demografia a partir da segunda metade do século XX: a compressão da morbidade. A partir do momento que países desenvolvidos superaram seus grandes problemas com doenças infecciosas, a próxima prioridade passaram a ser as doenças não comunicáveis (DNC), especialmente cardiovasculares e neoplasias. Mas a natureza e o tratamento deste tipo de doença são diferentes das doenças epidemiológicas, e nesse sentido, a comunidade acadêmica passou a discutir os limites da própria capacidade humana e até mesmo da capacidade dos tratamentos que combatem tais males. A partir da seleção de três artigos produzidos ao longo das últimas décadas, propõem-se uma revisão do que a demografia debate acerca do aumento da esperança de vida graças ao combate às doenças não-comunicáveis e como isto influencia a qualidade de vida das pessoas na medida em que vivem mais. Leia o resto deste artigo »

RESENHA: GOLDIN, Claudia. The Quiet Revolution that Transformed Women’s Employment, Education, and Family. American Economic Review. Pittsburgh, p. 1-21. 02 de maio de 2006. Disponível em: <https://www.nber.org/papers/w11953&gt;. Acesso em: 08 nov. 2018.

Teen Wonder Woman sketch by ChristyTortland

Teen Wonder Woman sketch by ChristyTortland. Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 License.

A “revolução silenciosa” é uma análise da história das mudanças na oferta de trabalho feminina ao longo do século XX nos EUA, que de acordo com a autora Claudia Goldin pode ser dividida em três fases evolucionárias¹ que culminam em uma quarta fase, desta vez revolucionária¹. Leia o resto deste artigo »

A idéia foi fantástica, aliás. Gosto muito de futebol justamente por esse lado mais tático e competitivo, ao contrário dos saudosistas que preferem o futebol arte e talento.

Goleiros que esperam o chute para depois pular (ou cair, como diz o Marcos), pra mim parecem ter mais chances de defender, justamente por ser permitida a paradinha.

Futebl é uma diversão muito interessante. O esporte mais democrático de todos, dizem alguns, por ser aquele onde um baixinho como Maradona seja o segundo melhor jogador. E por permititr, de certa forma, mais velhos também joguem (como o Romário, futebol de areia, futebol society e etc.).

Só não permite que nerds joguem… imagine eu chutando bolas! hahaha

Leiam o que procuraram para encontrar meu blogue:

naquela praça suja com merda de pombo,patrulhada pelo sexo! ele chega as quatro com lindo sapato para vender o seu amplexo! e os homens passam,notam seu bigode mas na coxa se extravasam veio sua amiga,a loira josé, convidando pró café e ao segundo brandy já josé se expande! esboroando seu batom! amanhã não estaremos aqui, veja se bebe um pouco e sorri e tira esses olhos do chão! o futura é lindo: eu já vi! e o avião vai directo para lá! vamos embora dessa aflição! e manuel morena tomou seus calmantes por causa dos joanetes e disse cansado que estava assustado pois nunca tinha voado! e se há um acidente?e se o passaporte…? será que não sentes o medo da morte? me da um cigarro. me dói a cabeça. pra que tanta pressa? e a depilação? amanhã não estaremos aqui, veja se bebe um pouco e sorri e tira esses olhos do chão! o futura é lindo: eu já vi! e o avião vai directo para lá! vamos embora dessa aflição! no dia seguinte no canto da praça, quem passou podia ver duas prostitutas,tão deselegantes acenando prá você!

É a letra inteira da música São Paulo 451! O que a pessoa queria? Quem sabe uma letra inteira e nã sabe o nome da música? Eu heim…

Lucia Hippolito:

“Estamos assistindo a um duelo de morte. Entre o velho coronelismo e os novos tempos de internets, blogs, twitters e julgamentos em tempo real.”

Eu gosto muito da reverência com que ela fala dos coronéis. Eles merecem o respeito dela. Mas vale lembrar que não se respeita apenas aqueles que se preza. Você respeita quem merece. Por mais que Sarney seja um monstro que corrói a democracia brasileira (nem tanto hoje quanto ontem), ele o faz com impacto e influência. E tem muita história. Ela o trata com um respeito que exala também repúdio.

Quem é capaz de tratar os seus e também os seus contrários com este nível de compostura, merece a minha admiração.

Até porque eu não sou capaz. Se aparece perto de mim Sarney me causaria náuseas. Porco nojento, imundo e
desgraçado.

A melhor parte de blogues cujos autores são despojados são as analogias:

“Ser anti-clerical em 1700 ou até 1900 e algo era uma atitude, hoje é o mesmo que usar piercing, tatuagens ou ser de esquerda, uma revolta de butique, algo que sua sogra não teria dificulade em entender. Atualmente, ser deslavadamente pró-revolução-burguesa, pró-tudo-o-que-veio-depois-do-século-18 é que é ser contra a “Igreja”, seja a igreja keynesiana, anti-globalista, do eco-primitivismo, do pós-modernismo, e até também a Católica Apostólica Romana, a menos influente de todas.” 

 

Esta é do Not tupy. O assunto é o enfadonho caso da Igreja excomungar médicos e garotinhas inocentes.

Só para não deixar passar batido, como católico eu devo comentar alguma coisa. A filosofia por trás da Igreja prega o repúdio ao assassinato (ao estupro também), mas também prega uma doutrina que busca aperfeiçoar cada vez mais a capacidade de perdoar.

Existem então aí duas coisas diferentes: uma é o fato de que as pessoas podem ou não ter sido excomungadas; outra é a atitude dos católicos (especialmente os padres) quanto a isto. Mesmo que um clérigo católico creia que a garota e os médicos tenham sido excomungados pela Divina Providência, ele deve ter com estas pessoas uma forte compaixão, um forte sentimento de alento e vontade de protegê-las. Ele deve também se esforçar para amá-los, e ele deve ser o mais solícito, piedoso, caridoso e justo com elas.

Esta sim seria uma prática catolicista completa e… louvável!

Esta deveria ser a filosofia de vida para aqueles que acreditam no milagre da bolachinha sem sal.

(:

(Desculpem o título horrendo deste post). A idéia é espalhar as sugestões musicais apresentadas do Music Alliance Pact, apud Meio Desligado: Novidades da música independente mundial: Music Alliance Pact de março.

É para quem não costuma só ficar com a boca aberta esperando vermes…

I’ll leave Street Fighter IV for the new generations… here is what I will need!

Challengers

  • 95.188 hit combos

Ao quatro tempos

Setembro 2021
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivo

@4ventos

Categorias