You are currently browsing the tag archive for the ‘Quadrinhos’ tag.

Imagina se isto tivesse ocorrido antes de Kingdom Hearts?

(eu tinha errado o nome da Disney…)

Anúncios

Alan Moore proclama:

“A gente precisa de mais filmes-porcaria no mundo? Já tivemos o bastante. E esses 100 milhões de dólares [orçamento de Watchmen: O Filme e de A Liga Extraordinária] podiam acabar com a guerra civil no Haiti. Além disso, os quadrinhos originais são sempre melhores.”

Nerd é difícil. Pelo menos esse aí cria boas histórias. Agora vai na Leitura bater um papo com mestres de RPG…

Do Omelete:

“No blog, Grampá explica que nunca gostou muito de Constantine (só havia lido duas histórias dele), que usou o colega artista Carcarah como modelo e que as cores da HQ também são produção nacional, do colorista e ilustrador Marcus Penna.”

Opa! Peraí? Marcus Penna? É seu parente Jojo?

constantinegrampa_021(:

Confira aí uma das imagens bonitonas da arte de Grampá para Constatine:

 

Do Omelete:

“Por fim, em um painel com Sergio Aragonés Mark Evanier, criadores de Groo, os dois comentaram que um filme do bárbaro errante está em desenvolvimento. Mas a notícia mais legal foi a confirmação do crossover entre Groo e Conan, o Bárbaro, que deve sair ainda este ano.”

Doido! (:

Dessa vez, veio até mim graças ao Blog dos Quadrinhos:

“A entrevista com o desenhista e empresário traz também pelo menos duas novidades. A nova cara dos personagens deve virar desenho no Cartoon Network. O canal a cabo, especializado em animações, deve distribuir o produto ao mundo todo. E Mauricio de Sousa faz planos de criar um museu com suas criações.”

Lembrando que estamos nas três primeiras edições! Se eu fosse Maurício de Sousa, preocupava-me mais em conter as rejeições com uma melhor publicidade, e não dizer que pouco lhe importa.

Discussão prosposta pelo Blog dos Quadrinhos.

Demais nerds que me desculpem, mas acho que o problema para se tratar quadrinhos como coisa séria é o mesmo sofrido pelo RPG: os temas abordados pelas suas obras.

Outra madrugada eu escrevo mais sobre isso.

Até!

De fato, com os quadrinhos nacionais em alta, esta notícia parece ser uma boa nova. MAS (como a vida é cheia de “mas” inconvenientes…), uma editora nova não tem capital nem publicidade consolidados. Os preços destes quadrinhos vão ser altos e a distribuição pequena. Há de se ter muita paciência, ou esperar, como o novo chefe de editora mencionou, que uma grande parceria surja o quanto antes.

Acho um detalhe engraçado: não me atualizo com o mercado editorial a muitos anos, então não sei bem quem é quem. MAS (como a vida é cheia de “mas” convenientes) parecem haver editoras grandes com grandes intenções de ampliar seus produtos. Ediouro? Trip? Não tenho tempo de fazer pesquisas agora (este é um daqueles posts que não podem demorar mais de cinco minutos para serem redigidos), mas imagino que haja boas possibilidades de negociação. O primeiro passo para esta nova barba Negra seria, de fato, monatr um planinho de trabalho e ir caçar editoras grandes. Ou editoras regionais.

Existem possibilidades, e eu quero que dê muito certo. Quem sabe nosso Icy Gaze aí do lado não publique uns trabalhos algum dia?

(:

Até!

Veio até mim graças a tirinhas.com.

Challengers

  • 94.807 hit combos

Ao quatro tempos

Agosto 2019
D S T Q Q S S
« Jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

@4ventos

Categorias

Anúncios